Ipiales

ALT 2.898 m, POB 148.297 hab, PASTO 80 km

Situado a 3 km da fronteira com o Equador, no planalto andino, relativamente próximo à costa do Oceano Pacífico, é o segundo município mais importante de Nariño. É um porto fronteiriço terrestre e aéreo, por onde flui o comércio internacional com os países andinos, sendo a segunda fronteira mais importante da Colômbia. Comunica-se com o interior do país pela rodovia Panamericana, que continua pela cidade equatoriana de Tulcán, depois de cruzar a Puente Internacional de Rumichaca, sobre o rio Guáytara.

ATRAÇÃO:

É um templo e basílica para o culto cristão. O edifício principal mede 27,5m, a altura da torre é de 100m e a ponte tem 50m de altura por 17m de largura e 20m de comprimento. É uma igreja de pedra cinzenta e branca de estilo neogótico, imitando o estilo gótico do século XIV. É composta por 3 naves edificadas sobre uma ponte de 2 arcos que atravessa o rio e que funciona como átrio ou praça da basílica, fazendo a ligação com o outro lado do cânion. No interior, as 3 naves são cobertas por abóbadas em cruzaria. Possui mosaicos de fibra de vidro e durante o dia, sua iluminação é dada pela luz que se infiltra pelos vitrais feitos pelo alemão Walter Wolf. É considerada uma maravilha da Colômbia e do mundo. Destino cultural, religioso e turístico de milhares de turistas e peregrinos de vários países que visitam o local todos os anos. Lugar lindo, espetacular e privilegiado sobre o abismo do rio Guáytara, com um belo entorno paisagístico natural. Do centro da cidade, se chega em ônibus coletivo até a estação do teleférico (1.500m, 15min, COP$12000), onde pode-se utilizar este serviço ou continuar caminhando por 2km até o santuário. Fica a 9km do centro.

Horário: Diariamente, 9h/18h. Gratuito.