Caleta Tortel

ALT 7 m, POB 523 hab, COYHAIQUE 454 km

ATRAÇÕES:

Este lugar místico e enigmático é um pequeno cemitério que surgiu após um envenenamento devastador que, em 1905, afetou uma centena de operários que trabalhavam na construção de uma estrada que uniria essa zona com a província argentina de Chubut. Embora existam 33 cruzes de ciprestes que testemunham a tragédia, estima-se que o número de mortes tenha ultrapassado 70 vítimas. O local foi explorado em 1898 pelo geógrafo Hans Steffen e poucos anos depois a Sociedad Explotadora del Baker se estabeleceu na área para exploração de florestas. Está situada a 3km (10min de barco) de Caleta Tortel, numa das margens do rio Baker.
Situada na foz do rio Baker, Caleta Tortel é um local repleto de passarelas, que formam um verdadeiro labirinto concectado por escadas íngremes, que se perdem entre bosques milenares. Em meio a uma paisagem espetacular, estas passarelas servem como ruas do povoado e junto as escadarias percorrem mais de 7,5km na localidade. Sua passarela principal, a mais comprida, é também uma espécie de passeio à beira-mar, de onde partem pequenas embarcações em direção aos paradisíacos campos de gelo meridionais. Lá só é possível chegar de carro a um estacionamento. Para chegar a alguns dos hotéis é preciso caminhar pelas passarelas.