Curitiba

CAPITAL DO ESTADO, ALT 935 m, POP 1.917.185 hab, BRASÍLIA 1.405 km

Fundada em 1693, a partir de um pequeno povoado bandeirante, a capital paranaense concentra a maior porção da estrutura governamental e de atendimentos públicos do estado. Conhecida por suas soluções urbanas diferenciadas, principalmente pelo seu sistema integrado de transporte público, sedia importantes empresas nas atividades de comércio, serviços e financeiro. A cidade também se caracteriza pelo grande número de parques bem preservados que possui, o que lhe rendeu a fama de capital ecológica do Brasil.

ATRAÇÕES:

Seu acervo ocupa um espaço de 700m², divididos em 2 ambientes com 40 motocicletas da marca BMW, desde o primeiro modelo de 1923 até 2000. Destaque para o modelo R-75 com side car, utilizada na II Guerra Mundial. Aberto para grupos fechados de no mínimo 20 pessoas e no máximo 40 pessoas.Visitas agendadas pelo tel. (41)3274-6806, sempre para os sábados às 15h.

R. José Naves da Cunha, 144 – Seminário.
Uma passarela faz a ligação entre o jardim e o mirante, cuja estrutura de troncos de eucalipto, está localizada sobre a Torre dos Filósofos (15m de altura). O bosque tem trilhas com painéis que reproduzem a história de João e Maria e a Casa da Bruxa, onde as crianças podem ler e ouvir histórias infantis. No final da trilha, o portal reconstitui a fachada de uma antiga construção, que caracteriza o estilo arquitetônico alemão.

R. Francisco Schaffer - Vista Alegre
Horário: Diariamente, 8h/20h.
Popularmente chamada de Rua das Flores, é a primeira rua exclusiva para pedestres no Brasil. O calçadão foi inaugurado em 1972 e tem 1km de extensão, reunindo comércio, serviços e cafés. Um de seus marcos é o velho bondinho utilizado como espaço para leitura. Aos sábados, são realizadas diversas atividades para crianças e apresentações de artistas de rua. Alguns ícones da cidade podem ser vistos por lá, como Chacon Júnior (sósia de Roberto Carlos), os músicos Plá e James Marçal e, vez por outra, até o excêntrico Inri Cristo. Num de seus trechos finais, conhecido como Boca Maldita, está a Avenida Luiz Xavier, a menor avenida do mundo.
Outro cartão postal da cidade, a edificação de 1929 é palco do famoso Espetáculo de Natal, com um coral formado por crianças carentes e show de luzes e fogos de artifício. As apresentações começam no final de novembro, sempre a partir das 20h15.

Trav. Oliveira Belo, 34 esq. com Av. Luiz Xavier - Centro.
Cartão postal da cidade, sua maior atração é o jardim em estilo francês com alamedas e a estufa metálica que abriga espécies da Mata Atlântica e uma cascata artificial. Tem um bosque de preservação permanente com araucárias centenárias. Outro atrativo é o Jardim das Sensações, que permite ao visitante estimular os sentidos do tato e olfato. Dispõe de espaço para exposições temporárias e um herbário, com biblioteca especializada para consulta no local.

R. Engenheiro Ostoja Roguski, 690 - Jardim Botânico
Horário: Segunda a sexta 9h30/11h45 e 13h/17h, sábado e domingo 9h/18h.
Reúne algumas das mais antigas edificações da cidade, com exemplares de arquitetura alemã construídos na metade do século XIX.

Feirinha do Largo 

Tradicional feira de artesanato e comidas típicas, considerada a segunda maior do Brasil.

Horário: Domingo, 9h/14h.

Museu Paranaense ★★

Possui um acervo de aproximadamente 400.000 itens, entre objetos de uso pessoal, mobiliário, armas, uniformes, indumentárias, documentos, mapas, fotos, filmes, discos, máquinas, equipamentos de diversas espécies, moedas, medalhas, porcelanas, pinturas em diversas técnicas e esculturas, além de grande acervo arqueológico, antropológico e retratos a óleo da antiga Pinacoteca do Estado.

R. Kellers, 289 - São Francisco
Horário: Terça a sexta 9h/18h, sábado e domingo 10h/16h.
Os ônibus de dois andares percorrem 24 pontos turísticos da cidade. O passeio dura 2h30. Com apenas uma passagem, o visitante tem direito a embarcar e desembarcar em 4 paradas. O principal ponto de partida é a Praça Tiradentes, mas o trajeto pode ter início a partir de qualquer ponto. Saídas a cada 30min.

Horário: Terça a domingo, 9h/17h30. R$40.
Saiba mais:

Linha Turismo
Réplica de uma igreja ucraniana situada na Serra do Tigre, no município de Mallet. O local conta com portal, mirante, campanário e um monumento em forma de pêssanka (ovo colorido a mão). Está localizado no Parque Tingui, com 380.000m² às margens do rio Barigui, cujos destaques são seus lagos e pontes de madeira cobertas.

R. Dr. Mbá de Ferrante, s/n - Pilarzinho
Horário: Terça a domingo, 10h/17h45.
Reúne história e tecnologia para oferecer aos visitantes experiências que mudam comportamentos no trânsito. Suas principais atrações são o simulador de capotamento, o simulador de crash-test e o ônibus biarticulado suspenso. Visitas devem ser agendadas através do site.

R. Eduardo Sprada, 6447 - Campo Comprido
Horário: Quarta a sábado, 9h/17h. Gratuito.
Fundado em 1958, é o principal e mais tradicional endereço para compras de hortigranjeiros, queijos e vinhos de diversas procedências, ervas medicinais, temperos e especiarias, iguarias, conservas, pescados, embutidos, carnes exóticas e com cortes especiais.

Av. Sete de Setembro, 1865 - Centro
Horário: Segunda 7h/14h, terça a sábado 7h/18h e domingo 7h/13h.
Preserva um acervo composto por objetos, documentos e fotos referentes a participação brasileira na Segunda Guerra Mundial, além de outras peças e documentos cedidos por diversas nações envolvidas no conflito.

Praça do Expedicionário, s/n - Alto da XV
Horário: Terça a sexta 9h/12h e 14h/17h, sábado e domingo 10h/12h e 14h/17h. Gratuito.
Abriga mobiliários e peças que resgatam a memória ferroviária no Paraná, com mais de 600 peças no acervo, como relógios, telefones, telégrafos e objetos do interior dos trens, como bagageiros, fechaduras e luminárias da época. Destaques para a réplica de uma locomotiva a vapor e a antiga bilheteria, que se mantém na sua forma original. Está localizado dentro do Shopping Estação.

Av. Sete de Setembro, 2775 - Rebouças
Horário: Terça a sábado 10h/18h, domingo 11h/19h. Gratuito.
Conhecido como Museu do Olho, foi projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer, inspirado na araucária, árvore símbolo do Paraná. Possui mais de 17.000m² de área expositiva e um acervo composto por cerca de 3.000 peças, com obras de Alfredo Andersen, Theodoro De Bona, Guido Viaro, entre outros.

R. Marechal Hermes, 999 - Centro Cívico
Horário: Terça a domingo 10h/18h. R$20, nas quartas a entrada é gratuita.
Estrutura tubular com teto transparente, é um dos símbolos emblemáticos da cidade. Espaço para todo tipo de espetáculos, com capacidade para mais de 1.500 espectadores. Sua paisagem é composta por lago, vegetação típica e cascata.

R. João Gava, s/n - Abranches
Horário: Diariamente, 10h/18h.
Construído em 1916 com detalhes neoclássicos e desenhos art nouveau, foi sede da antiga Prefeitura.

Praça Generoso Marques, 189 - Centro
Horário: Terça a sexta 9h30/20h45, sábado 9h30/17h30 e domingo 9h30/17h.
Parque mais popular da cidade, tem uma área de 1.400.000m². Seus bosques ajudam a regular a qualidade de ar e seu imenso lago auxilia na contenção de enchentes do rio Barigui. Muito frequentado pela população, se destaca por oferecer inúmeras opções de lazer e recreação. Conta com pavilhão de exposições, pista de bicicross, canchas esportivas, pistas de cooper, ciclovias, trilhas, pista de patinação, churrasqueiras, lanchonetes, equipamentos de ginástica e outros. Abriga o Museu do Automóvel.

Av. Cândido Hartmann - Bigorrilho.

Museu do Automóvel ★★

Acervo com mais de 80 veículos antigos, todos originais e funcionando. Destaque para uma McLaren usada por Emerson Fittipaldi nos anos 70, além de motos, bicicletas e outras antiguidades e curiosidades mecânicas.

Av. Cândido Hartmann, 2300 - Mercês
Horário: Terça a sexta 13h30/16h45, sábados e domingos 10h/11h45 e 
13h30/17h45. R$10.
Sua principal atração é o mirante de 65m de altura, a cascata e o jardim em homenagem a Poty Lazzarotto, construído em estilo francês. Possui um túnel escavado na rocha, que une dois lagos. Tem pista de cooper, ciclovia, ponte, belvedere, torres para observação, jardim com canteiros floridos e espelhos d’água.

R. Oswaldo Maciel, 97 - Taboão.
Inaugurado em 1886, é a mais antiga área de lazer da cidade. Atualmente abriga um aquário, um terrário, pista para caminhadas, ponte pênsil, viveiros com aves, lago artificial com pedalinhos e ciclovia.

R. Presidente Carlos Cavalcanti, s/n - Centro 
Horário: Terça a domingo, 6h/20h.
Tem um conjunto paisagístico formado por 30 cerejeiras trazidas do Japão, espalhadas pela área e lagos artificiais com cascatas nos moldes japoneses.

Av. Sete de Setembro, s/n - Água Verde.
O bairro é famoso por ser um polo gastronômico, reunindo grande número de restaurantes que oferecem os pratos típicos da culinária italiana. Completam o atrativo as tradicionais vinícolas e cantinas de vinho, lojas de artesanato e de móveis de vime.
Situada no ponto mais alto da cidade com 109,5m de altura, permite uma visão de 360 graus da cidade. Abriga um pequeno Museu do Telefone.

R. Prof. Lycio Grein de Castro Vellozo, 191 - Mercês
Horários: Terça a domingo, 10h/18h30. R$6.
Inaugurada em 1992 com a presença do pesquisador francês Jacques Cousteau, sua principal atração é a grande estrutura de madeira com 15m de altura e 874m² de área construída com madeira de eucalipto, rodeada por pedras naturais e uma rampa em espiral, com vista panorâmica do local. Possui mata nativa e passarela em túnel vegetal, que desemboca no espelho d’água em frente à pedreira.

R. Victor Benato, 210 - Pilarzinho.
Exibe mais de 3.000 animais de várias partes do mundo. Aves, répteis e mamíferos estão alojados em amplos recintos, que recriam as condições de seu ambiente natural. Seus lagos abrigam várias espécies de aves migratórias.

R. João Miqueletto, s/n - Alto Boqueirão
Horário: Terça a sexta 9h/17h, sábado e domingo 10h/16h. Gratuito.

ARREDORES:

Araucária

ALT 897 m, POP 141.410 hab, CURITIBA 28 km

ATRAÇÃO:

Área verde com mata nativa, lago, ribeirão e trilhas. Reúne em seu espaço o Museu Tingui-Cuera, a Casa do Artesanato e a Aldeia da Solidariedade, formada por casas centenárias construídas pelo imigrantes e que hoje abrigam oficinas de arte.

R. Ceará, 65 - Iguaçu
Horário: Diariamente, 8h/17h.

Colombo

ALT 1.027 m, POP 240.840 hab, CURITIBA 18 km

ATRAÇÃO:

Conjunto de grutas que se divide em 2 galerias: uma inferior, com cerca de 200m, atravessada pelo rio Bacaetava, e outra superior de interesse espeleológico. A visita ao interior da caverna é feita com o acompanhamento de guias. São formados grupos de no máximo 30 pessoas a cada meia hora, nos fins de semana e feriados.

R. Antonio Gasparin, s/n - Bacaetava
Horário: Quarta a domingo, 9h/12h e 13h/16h.

Quatro Barras

ALT 930 m, POP 23.199 hab, CURITIBA 23 km

ATRAÇÕES:

Originário de antigas trilhas indígenas, é o caminho mais antigo do Paraná. São 22km de extensão que ligam Quatro Barras a Morretes. Quase todo o percurso é pavimentado com pedras colocadas por escravos entre os anos de 1625 e 1654. Foi uma das principais vias de comunicação entre o primeiro planalto paranaense e a planície litorânea, desde o século XVII até a conclusão da Estrada da Graciosa e da Estrada de Ferro Curitiba-Paranaguá, em 1885. Hoje é considerado um sítio arqueológico em plena Mata Atlântica, na Serra do Mar. Início da caminhada a partir do distrito de Borda do Campo (trilha moderada, 7h). Informações e controle de acesso nos postos do IAP, no início e no fim da da trilha. Recomendável andar sempre em grupos e avisar quando e onde começou a trilha.
Construída em 1873, é atualmente um lugar muito procurado para lazer nos fins de semana. Tem várias paradas com churrasqueiras, sanitários, quiosques com produtos típicos e mirantes. No Recanto Mãe Catira destaca-se a velha ponte de ferro sobre o rio de mesmo nome. Outro ponto de interesse é o Portal da Graciosa. Acesso pela Rodovia Régis Bittencourt, a 17km da cidade.

São José dos Pinhais

ALT 906 m, POP 317.476 hab, CURITIBA 15 km

ATRAÇÃO:

Queda d’água de aproximadamente 10m com lindas piscinas naturais, ótimas para banho. Trilha fácil, porém em vários trechos é preciso andar por dentro da água (15min). Acesso pela estrada da Usina da Guaricana, a 45km do centro. Visitas mediante autorização prévia.

Horário: Sábado e domingo, 8h/18h. Gratuito.