São Paulo

CAPITAL DO ESTADO, ALT 760 m, POP 12.252.023 hab, BRASÍLIA 1.007 km

Fundada em 1554 por padres jesuítas, é mundialmente conhecida, exercendo influência cultural, econômica e política em âmbito nacional e internacional. Oitava cidade mais populosa do planeta, a metrópole superlativa é um dos maiores centros financeiros do Brasil e do mundo. Apesar de contar com importantes monumentos, parques e museus, destaca-se mais pelo turismo de negócios. Centro cultural da América Latina, possui 101 museus, 282 salas de cinema, 146 bibliotecas e cerca de 40 centros culturais, além de 182 teatros. Também é o principal destino para compras no país, com mais de 80 shoppings centers e cerca de 60 ruas de comércio temático. Cortada por duas grandes artérias consideradas as principais vias expressas do município, as Marginais Tietê e Pinheiros, a cidade sofre um problema comum a outras metrópoles mundiais: o grande congestionamento de carros em suas principais ruas. Como medida para amenizar este problema, adotou o rodízio, a restrição de estacionamentos e de circulação de caminhões e veículos de carga. Conta com dois aeroportos principais, o Aeroporto de Congonhas, que serve voos domésticos e o Aeroporto Internacional de Guarulhos, que é um dos principais aeroportos internacionais do país.

ATRAÇÕES:

Possui mais de 50 tanques, totalizando cerca de 4 milhões de litros de água que abrigam diversas espécies de peixes, além de répteis e mamíferos exóticos como suricatas, colobus e lêmures da África; raposas voadoras da Indonésia; cangurus, vombates, equidnas e coalas da Austrália; focas, leão marinho, lobos-marinhos e ursos polares. Além disso, há cenários temáticos com réplicas de um submarino da Segunda Guerra, caravela de piratas e navio naufragado.

R. Huet Bacelar, 407 - Ipiranga
Horário: Diariamente, 9h/17h. R$90.
Museu interativo situado no Palácio das Indústrias (1925), com mais de 4.000m² divididos em quatro seções: Universo, Vida, Engenho e Sociedade. Possui mais de 250 instalações que tratam de temas abrangentes como a criação do Universo, a vida na Terra, criações científicas do homem e problemas da sociedade.

Av. Mercúrio, s/n - Parque Dom Pedro II
Horário: Terça a domingo, 9h/16h. R$10.
  • compras

Brás

Bairro favorito de sacoleiras, reúne muitas lojas de confecções, shoppings e galerias. Nas lojas pequenas e escondidas normalmente se encontram boas peças e pechinchas. As melhores lojas estão nas ruas Maria Marcolina, Oriente, Rubino de Oliveira e Maria Joaquina. Aos sábados, muitas lojas ficam abertas apenas até 13h e não abrem no domingo. Outro destaque do bairro é a Feirinha da Madrugada (3h/13h).

Rua 25 de Março

Maior conglomerado comercial popular a céu aberto da América Latina, com mais de 3.000 lojas, tem de tudo para todos os gostos e públicos. Brinquedos, bijuterias, calçados, utensílios domésticos, tecidos, fantasias, material escolar, artigos de cama, mesa e banho, produtos eletrônicos e presentes compõem o rol de produtos ofertados.
Inaugurado em 1947, é um dos prédios mais emblemáticos da capital paulista, sendo o 3° arranha-céu mais alto da cidade. Com 35 andares e 161m de altura, foi inspirado na arquitetura art decó do Empire State Building, em New York. No 26º andar, há um mirante, onde é possível ter uma visão de 360º que atinge cerca de 40km.

R. João Brícola, 24 - Centro
Horário: Terça a sábado 9h/20h, domingo 9h/19h. R$20.
Símbolo da arquitetura moderna brasileira, projetado por Oscar Niemeyer, foi inaugurado em 1966. Com linhas sinuosas e elegantes, tem a maior estrutura de concreto armado do país, com 115m de altura, 32 andares e 120.000m² de área construída, dividida em 6 blocos, com um total de 1.160 apartamentos de dimensões variadas. É possível visitar o mirante (32º andar), para tanto devendo dirigir-se ao Bloco F (próximo a R. da Consolação).

Av. Ipiranga, 200 - Centro
Horário: Segunda a sexta, 10h/10h30 e 15h/15h30. Gratuito.
Considerada uma das maiores da América Latina, reúne uma coleção com mais de 10.000 títulos entre álbuns, gibis, periódicos e livros sobre Histórias em Quadrinhos.

R. Vergueiro, 1000 - Liberdade
Horário: Terça a domingo, 10h/18h.
Fundado em 1901, tem uma área de 750.000m² cercada de muito verde, com árvores raras e grandes alamedas. Entre os seus atrativos estão o Museu Biológico, Museu Histórico e Museu da Microbiologia; o Serpentário com mais de 60 espécies brasileiras de cobras, aranhas e escorpiões; o Macacário e prédios históricos.

Av. Vital Brasil, 1500 - Butantã
Horário: Terça a domingo, 9h/16h45. R$6 (cada bilhete é sempre uma peça colecionável, com imagens e informações sobre ciência, história e meio ambiente).
O bairro é o maior reduto da comunidade japonesa na cidade. O Arco Torii Vermelho marca a entrada da região, que tem as ruas são decoradas com lanternas. Possui variadas opções gastronômicas com bares de sushi, lojas de ramen e barracas de macarrão yakisoba. Nas lojas de presentes e supermercados se encontram objetos e iguarias asiáticas importadas, e uma feirinha aos domingos, vende artesanatos.

Museu da Imigração Japonesa

Situado no prédio da Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa Bunkyo, é o maior museu sobre a imigração japonesa do país com um acervo de mais de 97.000 itens, tais como documentos, fotos, jornais, microfilmes, livros, revistas, filmes, vídeos, quadros, utensílios domésticos e de trabalho, além dos tradicionais kimonos.

R. São Joaquim, 381, 7° andar - Liberdade
Horário: Terça a domingo, 13h30/17h. R$12.
Com 12.600m² e mais de 290 boxes, o prédio de estilo neoclássico e gótico foi inaugurado em 1933. É um entreposto comercial de atacado e varejo, especializado na comercialização de frutas, verduras, cereais, carnes, temperos e outros produtos. Tem 55 vitrais, que representam vários aspectos da produção de alimentos e um mezanino em estrutura metálica com restaurantes.

R. Cantareira, 306 - Centro
Horário: Diariamente, 6h/18h.
Acervo com mais de 40 modelos de lâmpadas, desde 1900 até as mais modernas utilizadas atualmente. Há também uma réplica do ambiente de trabalho de Thomas Edison, com instrumentos e invenções com o cinetoscópio. Possuí o teto iluminado por fibra ótica, simulando um céu estrelado.

Av. João Pedro Cardoso, 574 - Jabaquara
Horário: Segunda a sexta, 9h/18h. Ingresso: 1kg de alimento não perecível.
Saiba mais:

Museu da Lâmpada
Inaugurado em 1947 por Assis Chateaubriand, é um dos mais importantes museus do hemisfério Sul e um dos principais cartões-postais da cidade. Possui um acervo com cerca de 8.000 peças de grandes nomes da pintura nacional e internacional, como Portinari, Di Cavalcanti, Renoir, Monet, Cèzanne, Picasso, Van Gogh, Matisse e Chagall. Além das obras, sua arquitetura se destaca pelo vão livre de 74m de comprimento, um dos maiores do mundo.

Av. Paulista, 1578 - Bela Vista
Horário: Terça 10h/20h, quarta a domingo 10h/18h. R$40.
Com 6.900m², está localizado dentro do Estádio do Pacaembu. Sua exposição principal está distribuída em 15 salas temáticas, onde o visitante tem acesso a uma sequência de experiências visuais e sonoras que relacionam o futebol com a vida do brasileiro no século XX.

Praça Charles Miler, s/n - Pacaembu
Horário: Terça a domingo, 9h/17h. R$20.
Único do gênero na América Latina, está situado na sede da empresa Dimas de Melo Pimenta Sistemas de Ponto e Acesso Ltda DIMEP. Conta com um acervo riquíssimo de cerca de 650 peças com raridades da relojoaria e itens de grande valor técnico e histórico.

Av. Mofarrej, 840 - Vila Leopoldina
Horário: Segunda a sexta, 9h/17h. Gratuito.
Guarda relíquias como o primeiro bonde a circular no Brasil em 1859, no Rio de Janeiro, e o primeiro tróleibus de fabricação nacional (1960). O acervo ainda conta com cerca de 1.500 fotos e 1.500 livros, além de móveis, objetos e documentos sobre a evolução do transporte urbano.

Av. Cruzeiro do Sul, 780 - Canindé
Horário: Terça a domingo, 9h/17h. Gratuito.
É um marco histórico nacional, nas margens do riacho do Ipiranga, D. Pedro I proclamou a independência do Brasil diante de Portugal em 1822. Numa área de 161.300m², possui pista de Cooper, aparelhos de ginástica, playground, chafariz com fonte e cascata, além de bosque e paisagismo entre o Monumento à Independência e o Museu do Ipiranga.

Av. Nazaré, s/n - Ipiranga
Horário: Diariamente, 5h/20h.

Casa do Grito

Tombada pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico (CONDEPHAAT), abriga exposições diversas com temas relacionados à cidade. Ergue-se nas proximidades do riacho do Ipiranga, tendo sido originalmente construída em pau-a-pique (terça a domingo, 9h/17h).

Monumento à Independência

Conjunto escultórico feito em granito e bronze, situado no lugar histórico onde D. Pedro I proclamou a Independência do Brasil.

Museu do Ipiranga

FECHADO para visitas devido obras de restauro e modernização, tem previsão de reabertura para 2022. Possui um acervo de mais de 450.000 unidades, entre esculturas, quadros, joias, moedas, medalhas, móveis, documentos e utensílios de bandeirantes e índios; iconografia e documentação textual, do século XVII até meados do século XX. Um dos destaques da exposição é o quadro "O Grito do Ipiranga", pintura em óleo sobre tela de Pedro Américo (1888).

R. Brigadeiro Jordão, 149 - Ipiranga.
Parque de diversão temático com os personagens criados por Maurício de Sousa. Possui mais de 20 atrações em cerca de 12.000m². Algumas de suas atrações são o Horacic Park (barquinhos que percorrem um ambiente pré-histórico) e a Escalada do Piteco (subida por pedras e vulcões pré-históricos até chegar ao topo).

Av. das Nações Unidas, 22540 - Jurubatuba
Horário: Terça a sexta 10h30/16h30, sábado e domingo 11h/19h. R$178,20.
Mais importante parque urbano da cidade, conta com 3 lagos artificiais interligados que ocupam 1,6 milhão de m². Inaugurado em 1954, possui ciclovia, 13 quadras iluminadas, pistas de corrida, passeios culturais e educativos como caminhadas monitoradas, atividades de birdwatching, esculturas, museus e monumentos históricos além dos jardins e paisagens repletas de flores e árvores. Também abriga prédios públicos, planetário, ginásio de esportes e o famoso obelisco.

Av. Pedro Álvares Cabral, s/n (portões 2, 3 e 10), Av. IV Centenário (portões 6 e 7A), Av. República do Líbano (portão 7) - Vila Mariana
Horário: Diariamente, 5h/0h.
Criado em 1892, tem 48.600m² de área remanescente da Mata Atlântica, repleta de espécies exóticas como os cedros-rosa, sapucaias, guaraiuvas, além de borboletas e mais de 25 espécies de aves. O piso das pistas e trilhas chama a atenção pelas belas pedras portuguesas, com destaque para a "Trilha do Fauno", com uma escultura que retrata o ser mitológico meio homem, meio animal. O parque ainda conta com playgrounds, aparelhos de ginástica e sanitários.

Rua Peixoto Gomide, 949 - Cerqueira César
Horário: Diariamente, 6h/18h.
Oficialmente Pateo do Collegio, é um complexo histórico-cultural-religioso, situado no local onde nasceu a cidade. Abriga o Museu de Anchieta, com acervo composto de peças de arte sacra do séculos XVI ao XX, painéis, mapas, textos explicativos, maquete e pinacoteca que remetem aos primórdios da cidade.

Praça Pateo do Collegio, 2 - Centro 
Horário: Terça a sexta 9h/16h45, sábado e domingo 9h/16h30. R$8.
O prédio inaugurado em 1905 abriga o museu de arte mais antigo da cidade e do estado. Com um acervo de cerca de 9.000 peças, reúne trabalhos de artistas como Portinari, Anita Malfatti, Tarsila do Amaral, Di Cavalcanti, Rodin e Miró. No primeiro andar ficam as exposições temporárias e no segundo piso, as obras do acervo permanente.

Praça da Luz, 2 - Luz
Horário: Quarta a segunda, 10h/17h30. R$10.
Sede mundial da Igreja Universal do Reino de Deus, sua construção foi inspirada no templo citado na Bíblia. Com uma área de 70.000m², tem capacidade para mais de 10.000 pessoas. Possui 126m de comprimento, 104m de largura, 55m de altura com 2 subsolos, equivalente a um prédio de 18 andares.

Av. Celso Garcia, 605 - Brás
Visitas guiadas (1h) com agendamento prévio pelo tel (11)3573-3535 ou e-mail (passeio@jardimbiblico.com). R$35.
Saiba mais:

Templo de Salomão
Inaugurado em 1911, foi idealizado nos moldes dos melhores teatros de ópera do mundo. Promove visitas guiadas por toda sua estrutura, com histórias e curiosidades.

Praça Ramos De Azevedo, s/n - República
Horário: Terça a sexta 11h/15h/17h, sábado 11h/12h/14h/15h. Gratuito.
Localizado no Vale do Anhangabaú, foi o primeiro viaduto da cidade. Inaugurado em 1892, possui 204m de extensão e liga a rua Direita, no Centro Velho, com a rua Barão de Itapetininga (antiga rua do Chá), no Centro Novo.
Segundo viaduto da cidade, foi inaugurado em 1913 para ligar o centro novo ao centro velho. Construído no estilo art noveau com 225m de extensão, foram utilizados 1.100 toneladas de ferro, com peças vindas da Bélgica.
Aberto em 1958 em uma área de 824.000m², é considerado um dos 10 melhores do mundo pela diversidade de animais que abriga. Com mais de 2.000 exemplares, possui uma coleção completa de felinos e símios e raridades de espécies em extinção, como o mico leão dourado e o tamanduá bandeira. Conta ainda com biblioteca, lojas, lanchonetes, restaurantes e estacionamento.

Av. Miguel Estéfno, 4241 - Vila Santo Estefano
Horário: Diariamente, 9h/17h. R$40.

ARREDORES:

Barueri

ALT 719 m, POP 274.182 hab, SÃO PAULO 33 km

ATRAÇÃO:

É o primeiro do país e um dos maiores do mundo em sua especialidade. Numa área de 900m², reúne uma biblioteca com mais de 17.000 títulos entre os quais bíblias e parte de textos bíblicos, em mais de 200 idiomas; a bíblia Vulgata de 1600; a primeira bíblia em língua portuguesa datada de 1819; várias miniaturas, incluindo o menor livro do mundo; além de uma réplica da prensa de Gutenberg. Uma exposição interativa conta a história da tradução da Bíblia para a língua portuguesa e a influência da Palavra de Deus na formação da civilização ocidental.

Av. Sebastião Davino dos Réis, 672 - Vila Porto
Horário: Terça a sexta 9h/12h e 13h/17h, sábado e domingo 10h/16h. Gratuito.

São Bernardo do Campo

ALT 762 m, POP 838.936 hab, SÃO PAULO 18 km

ATRAÇÃO:

Está localizado no coração da Mata Atlântica e possui uma área preservada de aproximadamente 490.000m². Oferece uma passarela elevada e 6 trilhas que priorizam aspectos como pontos de beleza cênica, curiosidades da flora ou da história de interferência do homem na região. Conta com uma estrutura acessível também para idosos e pessoas com mobilidade reduzida.

Rodovia dos Imigrantes, Km 34,5 - Curucutu
Horário: Terça a quinta, 9h/11h30. Visitas individuais monitoradas devem ser agendadas pelo site ou por e-mail (contato@parqueecologicoimigrantes.org.br). Gratuito.
Saiba mais:

Parque Ecológico Imigrantes