Valença

ALT 560 m, POP 76.163 hab, RIO DE JANEIRO 156 km

Fundada em 1823, é uma cidade histórica com antigos sobrados e várias fazendas do Ciclo do Café. Tem sua economia voltada especialmente para a agropecuária e para seu importante polo universitário.

ATRAÇÕES:

A fazenda foi aberta em terras da sesmaria concedida em 1814 a João Soares Pinho. O casarão em estilo neoclássico, foi construído em 1852 com planta em "U" e pátio interno, próximo ao conjunto de edificações onde funcionou a senzala. Reúne um acervo com talheres e pratos de porcelana pintados à mão, correntes, armas, livros, farmácia e muito outros objetos. Destaque para o sino que tocou anunciando a “Lei Áurea” que aboliu os escravos em 1888.

Rodovia RJ-145, a 6km
Visitação somente com prévio agendamento. R$35.

Conservatória

Distrito do município de Valença, cresceu e prosperou durante o ciclo do café, a partir do século XIX. Foi um importante elo na produção e circulação do produto, com mais de 100 fazendas que plantavam o café e o escoavam pelo antigo caminho ferroviário que vinha de Minas Gerais. Famoso por suas serenatas, as casas tem fachadas coloniais e são identificadas por placas com o nome da canção preferida pelo morador e de seus autores. Fica a 31km de Valença.
É uma réplica em tamanho menor do extinto Metro Tijuca, construído em 1941 e demolido nos anos 70. Criado pelo advogado e cinéfilo Ivo Raposo com peças do cinema demolido, conserva poltronas (60 lugares), móveis, tapetes, lustres e a bilheteria originais. Exibe trailers e trechos de filmes clássicos antigos.

Rua Ferreira Borges, 205
Horário: Sábado, 19h (sessão única, 50min).
Fabricada na Philadelphia (USA) em 1910, foi a segunda locomotiva a chegar ao distrito. Feita em bronze, ferro e madeira, possui 6m de comprimento.

Rua Luiz de Almeida Pinto, 107.
Construída no final do século XIX por escravos, é uma das únicas pontes da antiga rota do café. Fica na estrada para o distrito de Santa Isabel do Rio Preto, a 5km.
  • serenatas
As famosas serenatas (e também serestas, orvalhatas e solaratas) acontecem nos finais de semana entre sexta à noite (20h) e domingo de manhã. Músicos e turistas passeiam pelas ruas do distrito cantando antigas canções de amor e recitando poemas.
Sua paisagem se assemelha a ondas de montanhas, com cumes de forma arredondada. No ponto mais elevado da Rodovia RJ-137, que liga o distrito a Santa Isabel do Rio Preto, fica o Mirante da Serra, o melhor local para apreciar a belíssima paisagem da região. A serra também é muito visitada por conta de fenômenos extraterrestres. Segundo especialistas, a região tem a maior intensidade de aparições de ovnis do país.
Oficialmente túnel Maria Komaid Nossar, foi inaugurado em 1883 para passagem da ferrovia. Feito por escravos em pedra bruta, sem revestimento, tem 95m de extensão, 5m de largura e 3,5m de altura. É iluminado por antigos lampiões e tem piso pé-de-moleque. É assim chamado por ter em seu interior uma fonte de água pura, que escorre constantemente por suas paredes.

Rodovia RJ-137.