Cali

CAPITAL DO DEPARTAMENTO, ALT 1.018 m, POB 2.445.281 hab, BOGOTÁ 461 km

Foi fundada em 1536 por Sebastián de Belalcázar, o que a torna uma das cidades mais antigas da América. Terceira cidade mais populosa da Colômbia, é um dos principais centros econômicos e industriais, além de ser o principal centro urbano, cultural, econômico, industrial e agrário do sudoeste do país e o terceiro a nível nacional depois de Bogotá e Medellín. É a única grande cidade colombiana que possui um acesso rápido ao Oceano Pacífico. Na cidade é possível encontrar bairros inteiros dedicados ao turismo, como Granada, um de seus bairros mais tradicionais, com diversos restaurantes gourmet, lojas de moda e butiques, localizado na região oeste. O Aeropuerto Internacional Alfonso Bonilla Aragón, localizado no município vizinho de Palmira, conecta a cidade ao país e ao exterior, através de diversas companhias aéreas nacionais e estrangeiras.

ATRAÇÕES:

Um passeio de pedestres com 980m de extensão na parte superior e por baixo o túnel, que com seus 686m de extensão, é o mais longo do país em área urbana. Leva o nome da avenida que antes passava no lugar onde hoje fica o bulevar e que continua funcionando por um túnel localizado logo abaixo. Tornou-se ponto de encontro de caleños e turistas que visitam a cidade. Encontra-se numa zona com vários locais de interesse histórico, além de estar próximo ao centro da cidade, com intensa atividade comercial.
Primeiro museu do gênero no país, destaca-se por sua emblemática coleção de aparelhos cinematográficos, fotográficos e fonográficos que mostram preferencialmente a evolução dos equipamentos de filmagem e exibição utilizados na Colômbia, no mundo e especialmente na região sudoeste do país. Expõe lanternas mágicas, projetores de manivela, projetores de filmes trazidos de diferentes cinemas do país, projetores portáteis, câmeras de vídeo (entre as quais uma Yashica Super 600 Electro que pertenceu ao escritor Andrés Caicedo e a Mitchell NC10 de 35mm do ator e comediante americano Jerry Lewis.

Av. Belalcazar (Carrera 2 Oeste) #5A-55
Horário: Segunda a sexta 8h/12h e 14h/18h, sábado 15h/18h e domingo 10h/18h. COP$15000.
Emblemático atrativo turístico da cidade, popularmente conhecido como "El Gato del Río". Trata-se de uma escultura em bronze construída em 1996 nas margens do rio Cali pelo escultor Hernando Tejada, como parte de um projeto para revitalizar a área. A obra tem 3,5m de altura por 3,4m de largura e pesa cerca de 3 toneladas. Dez anos depois de sua inauguração, o monumento passou por uma manutenção e foram incorporadas mais 15 esculturas complementares, pintadas e decoradas por diferentes artistas. Esta nova coleção ficou conhecida como "as namoradas do gato" e marcou a transformação do local num parque público.

Av. 4ª Norte Oeste (margem esquerda do rio Cali).
É o monumento mais visitado e popular de Cali, localizado nas colinas que dominam a cidade, no lado oeste. É famoso por seu dedo apontar para um ponto oposto ao vale, enquanto sua face está voltada para a cidade. É uma homenagem ao conquistador Sebastián de Belalcázar, fundador da cidade. A estátua foi derrubada por manifestantes em 28/04/2021 e foi resguardada pela Alcadía, onde aguarda restauração.

Carrera 2ª Oeste #5.
É um monumento religioso localizado no Cerro los Cristales que oferece a melhor vista da cidade. A estátua tem 31m de altura, dos quais 5m pertencem à sua base. Foi construído pela Compañía de Jesús e inaugurado em 1953. O Cerro Los Cristales está localizado a 1.474m de altura e pode ser alcançado de carro. No caminho para o monumento podem ser encontradas diversas pizzarias.

Carrera 4 #6-117.
Homenagem ao compositor Jairo Varela, fundador do Grupo Niche. Retrata sua identidade materializada numa estrutura de 24m de comprimento e 8m de altura com as letras que formam o nome do grupo de salsa. A tipografia reúne elementos de trompetes, trombetas e trombones, componentes musicalmente reconhecíveis no estilo do grupo. No interior de cada um dos sinos que compõem a palavra, são tocadas canções de forma rítmica, harmônica e melódica, permitindo ao público uma aproximação com seu legado musical. Fica na Plazoleta Jairo Varela.

Museo Jairo Varela

Expõe elementos pessoais do músico, como partituras, chapéus e instrumentos musicais, entre outras peças que utilizou nos seus concertos. Além disso, é possível ver gravadores, partituras, troféus, medalhas, discos de ouro e vestuário do artista. Plazoleta Jairo Varela. Gratuito.
É um museu arqueológico dedicado à cultura Calima localizado na sede do Banco da República. Exibe mais de 615 peças em ouro e peças de cerâmica da cultura Calima, bem como peças em pedra, madeira, concha, osso e objetos etnográficos das culturas Ilama, Yotoco e Sonso.

Calle 7 #4-69
Horário: Terça a sábado, 8h/13h. Gratuito.
Fundado em 1963, é um museu científico e zoológico. Possui 15.000 peças em sua coleção zoológica de referência, 4.000 peças diversas de taxonomia em exposição, materiais etnográficos, arqueológicos, geológicos, filmes e documentários, além de um centro de documentação especializado com abundante bibliografia em ciências naturais e sociais.

Calle 4 #24A-85
Horário: Segunda a sexta 8h/17h, sábado e domingo 10h/18h. COP$5000.
Com 60 anos de história, é uma instituição emblemática para a cidade e uma referência nas artes plásticas do país. Possui uma coleção de mais de 1.500 obras de arte americana, expostas em diferentes exposições temáticas e monográficas nas suas salas.

Carrera 1 Oeste #5-105
Horário: Terça a domingo, 10h/16h. COP$10000.
É um dos pontos turísticos da cidade e local onde os artesãos vendem e expõem suas obras com uma grande variedade de artesanatos típicos da região.

Calle 5 entre Carreras 14 e 16
Horário: Diariamente, 10h/21h.
Também conhecido como Parque del Acueducto, sua construção teve início em 1915 e foi concluída em 1927. Possui 22ha e cerca de 70 espécies de aves, além de uma trilha especial para caminhadas. Neste local é possível desfrutar de uma espetacular vista panorâmica da cidade e da brisa que a caracteriza.

Calle 3 Oeste #12-2.
De Cali, em dias claros, podem ser vistos os majestosos picos azuis dos Farallones, que se elevam sobre a planície, separando as bacias do Pacífico e do rio Cauca na imponente Cordilheira Ocidental. São as formações rochosas mais jovens da Cordilheira Ocidental dos Andes e também a maior área protegida de Valle del Cauca, onde se conservam mais de 540 espécies de aves e nascem mais de 30 rios que abastecem a região sudoeste da Colômbia. Além disso, é um reservatório de diversidade de espécies únicas e ameaçadas de extinção no país e no mundo. Lá, o rio Pance não se torna apenas um guia do visitante para a área do Centro de Educación Ambiental El Topacio CVC (Horário: Diariamente, 7h/16h), porta de entrada da área protegida, mas também uma prévia da riqueza hidrográfica que a região possui. Outra atração é o Pico de Loro, uma montanha proeminente localizada na encosta leste, visitada principalmente por atletas que costumam enfrentar uma subida de 1.200m até seu topo, com uma inclinação que aumenta progressivamente. É também atrativo para caminhantes, amantes de pássaros e aqueles que simplesmente gostam de estar num ambiente natural longe da cidade. Fica a cerca de 25km do centro.
É a praça principal da cidade e foi conhecida como Plaza Mayor na época colonial. Em 1913 recebeu o nome atual em homenagem ao herói e mártir da independência do departamento, Joaquín de Cayzedo. É rodeada por várias palmeiras que se estendem em direção ao céu como jatos d'água. Ali, é realizada anualmente a Feria de Cali, de 25 a 30 de dezembro, uma das mais importantes e tradicionais do país.
Monumento nacional localizado no centro da cidade. Foi a primeira a ser construída às margens do rio Cali, entre 1835 e 1845. Hoje funciona apenas como uma bela passagem para pedestres na região do Boulevard del Río.
Considerado um dos 3 melhores da América Latina, abriga mais de 2.000 animais de 233 espécies em seus 11ha. Está situado junto ao rio Cali, exatamente onde as montanhas e o vale se encontram, local antigamente conhecido como bosque municipal, na zona oeste da cidade. O percurso pela área tem cerca de 1,5km (3h) e também conta com um aquário e um borboletário.

Carrera 2 Oeste - Santa Teresita
Horário: Diariamente, 9h/16h30. COP$24000.
Saiba mais:

Zoológico de Cali