Antuco

ALT 553 m, POB 4.073 hab, CONCEPCIÓN 172 km

ATRAÇÃO:

Possui 11.600ha e dentro dele existem 3 atrativos naturais: o rio Laja, o Volcán Antuco e a Laguna del Laja. Uma das coisas que mais chama a atenção de quem o visita são os vestígios que podem ser vistos a olho nu das violentas erupções, eventos vulcânicos que ocorreram há séculos. A Laguna del Laja é conhecida por ser o maior reservatório natural do Chile. Está rodeado de natureza, florestas e pela cordilheira da Antucana. Sua vegetação concentra-se principalmente em pequenos bosques de ciprestes da cordilheira, espécie endêmica declarada em estado de vulnerabilidade. Além disso, em áreas onde existem nascentes e onde a escória vulcânica ainda não atingiu, encontram-se espécies como maqui, carvalho e notro. Além de muitas flores coloridas como os cactos, principalmente nas margens do rio Laja é possível avistar muita vegetação de árvores nativas, abundância de nalcas e pequenos prados. Entre os mamíferos há vizcachas, pumas e colocolos e pássaros como a perdiz Cordillerana, o condor e a águia. Possui 4 trilhas habilitadas com um total de 39km para percorrer e conta com um Centro de Educação Ambiental, onde os visitantes podem assistir palestras relacionadas aos recursos existentes. Fica a 29km da cidade.

Salto del Trubunleo

Queda d'água de aproximadamente 55m de altura, que cai por uma parede de colunas basálticas e produz uma névoa característica ao atingir a água no solo rochoso. Suas águas nascem das geleiras da Serra Velluda. Excelente cenário natural para fotografia e observação da flora e fauna. É um dos ícones de Antuco. Fica na beira da estrada antes de chegar ao Parque Nacional Laguna del Laja. Pode ser facilmente apreciado a partir da Ruta Q-45, do lado direito. Está localizado a 18km da cidade.

Salto Las Chilcas y Salto El Torbellino ★★★

Ambos fazem parte de um circuito interpretativo do Parque Nacional Laguna del Laja e constituem a nascente do rio Laja. Têm uma altura média de 40m e nascem das filtrações originárias da Laguna del Laja e do Estero el Toro que cai pelo flanco esquerdo do Salto las Chilcas. Essas águas são de pureza incomparável, pois filtram o subsolo constituído de escória vulcânica, produto da atividade geológica do complexo Antuco. Essas cachoeiras de grande beleza podem ser acessadas por um caminho sinalizado de dificuldade moderada. É recomendável o acompanhamento de guias locais que realizam interpretação ambiental para enriquecimento do passeio. Ambos os saltos dispõem de mirantes confortáveis para descanso e contemplação. Fica a 25km da cidade.