Neuquén

CAPITAL DA PROVINCIA, ALT 287 m, POB 231.780 hab, BUENOS AIRES 1.141 km

É a capital de província mais jovem do país e a cidade mais povoada da parte argentina da Patagônia, na região sul do continente. Conta com uma boa oferta e disponibilidade hoteleira, por ser uma região de passagem de turistas que vão até a cordilheira dos Andes. Nos últimos anos, vem se transformando num destino turístico de maior importância a nível nacional. O Aeroporto Internacional Presidente Perón constitui a principal via de entrada aérea para a cidade e serve voos regulares para Buenos Aires e principais cidades da Patagônia.

ATRAÇÕES:

Monumento aos que tombaram na guerra das Malvinas, é um conjunto paisagístico composto por uma fonte de água com 2 piscinas em desnível, formando uma pequena cascata; um monólito sobre o deck semi-coberto que atravessa a piscina com uma parede de vidro transparente, onde estão gravados os nomes dos soldados homenageados; uma maquete semi-submersa das Ilhas Malvinas, 3 mastros e um receptáculo de água proveniente da recirculação pelo canal de concreto a céu aberto.

Chubut, 105.
É a única sede do Museo Nacional de Bellas Artes no interior do país. Exibe permanentemente em suas salas obras do Patrimônio Nacional, que abrange desde o Renascimento ao Impressionismo, incluindo o Classicismo Espanhol, as Escolas Holandesa e Inglesa, o Romantismo e o Realismo; somado a coleções nacionais integradas por obras dos Precursores, da Geração dos 80, do Grupo de Paris e das Vanguardas. Também se realizam mostras temporárias de artistas nacionais e internacionais da arte universal.

Mitre esq. com Santa Cruz - Parque Central
Horário: Terça a sábado 9h30/20h, domingo 16h/20h. Gratuito.
Conta com 3 salas de exposições, que reúnem desde objetos de mais de 10.000 anos que pertenceram às populações primitivas da Patagônia Norte, a documentos sobre a história da cidade. Mantém a memória local, guardando vivências, costumes, instituições, comércios, entre outras. Além disso, possui uma biblioteca com valiosos documentos e bibliografia específica relacionada a temas históricos.

Independencia esq. com Pasaje Héroes de Malvinas – Parque Central
Horário: Terça a sexta 8h/20h, sábado e domingo 16h/20h. Gratuito.

VEJA TAMBÉM: Allen (Río Negro), 27km

ARREDORES:

San Patricio del Chañar

ALT 330 m, POB 7.457 hab, NEUQUÉN 45 km

ATRAÇÕES:

Bodega de origem alemã com 140ha, onde se produzem as variedades tintas de Malbec, Merlot, Cabernet Sauvignon, Pinot Noir e Cabernet Franc; e as variedades brancas de Chardonnay, Sauvignon Blanc e Torrontés. A visita guiada abrange o vinhedo e cada uma das etapas do processo de elaboração, a cava do dinossauro e o restaurante. O passeio inclui degustação técnica.

Ruta Provincial 7 Norte, a 8km da cidade
Horário: Diariamente, 10h/17h (grupos de 10 pessoas, a cada 1h). AR$140.
Em uma área de 162ha, tem capacidade para armazenar um milhão de litros de vinhos. Produz vinhos das variedades Malbec, Merlot, Cabernet Sauvignon (tintos) e Chardonnay Blanc (branco). Visita guiada mostrando o processo de produção e degustação de 4 tipos de vinhos.

Ruta Provincial 7, a 14km da cidade
Horário: Quarta a domingo, 10h/16h30.

Vista Alegre

ALT 304 m, POB 3.178 hab, NEUQUÉN 23 km

ATRAÇÃO:

Barragem construída no início do século XX sobre o rio Neuquén, ao norte da Patagônia Argentina, na divisa entre as províncias de Neuquén e Río Negro. Dela se originam o canal principal de irrigação, com 130km de extensão e capacidade para irrigar 50.000ha, e o canal de desvio que, em situações de enchentes, evacua a água excedente para a bacia Vidal. O local tem um pequeno museu, balneário e área para churrascos com iluminação e eletricidade. Acesso pela Ruta Provincial 7, a 4km da cidade.