Tamarindo

ALT 27 m, POB 8.136 hab, LIBERIA 78 km

Até o início da década de 1980, era uma vila de pescadores artesanais pouco povoada, onde os moradores viviam da pesca de cioba e do robalo no estuário do rio Matapalo. Atualmente, é uma das comunidades turísticas mais desenvolvidas do país, com acesso a serviços de primeira qualidade e diversos hotéis e restaurantes.

ATRAÇÃO:

Tem uma extensão de 175km² e foi criado para dar proteção às populações de tartarugas-de-couro que vêm nidificar nas 3 principais praias do parque: Grande (3,6km), Ventanas (1km) e Langosta (1,3km), além de outros ecossistemas locais. Cerca de 117 espécies de árvores e arbustos foram identificadas na área. Também 139 espécies diferentes de aves, das quais 55 são migrantes latitudinais e 8 fazem migrações ou movimentos sazonais dentro do país, 34% dessas espécies precisam de manguezais, 52% dessas aves precisam de áreas florestais. É visitado por 3 espécies de tartarugas: tartaruga-de-couro (Dermochelys coriacea), tartaruga-oliva (Lepidochelys olivacea), tartaruga-preta (Chelonia agassizii). A tartaruga-de-couro é a maior espécie de tartaruga do mundo e está criticamente ameaçada de extinção, e a área de nidificação do Parque é a região de nidificação mais importante para esta tartaruga em todo o Pacífico americano. Além disso, o parque também protege o manguezal do estuário do rio Matapalo, que é um Sítio Ramsar e é considerado o maior da América Latina. Oferece instalações para exposições, informações gerais, água potável, sanitários, trilhas e guias locais.

Acesso pela Carretera 933, a 18km
Horário: Diariamente, 6h/18h, exceto na época de desova das tartarugas (out/fev), quando é permitida a permanência na praia até as 17h.​

Playa Grande

Está localizada dentro do Parque Nacional Marino Las Baulas, local de conservação da tartaruga-de-couro, e é um dos pontos turísticos mais procurados no país por ser um dos melhores lugares para a prática do surf. É uma praia de areia branca, localizada na Baía de Tamarindo, que mede cerca de 3,6km de extensão. É reta ao sul e curva no setor noroeste, antes de chegar a Cabo Velas. É ideal para tomar banhos de sol, descansar e fazer passeios, especialmente a oeste, onde pode-se chegar às pequenas e pitorescas praias de Ventanas e Carbón e ao Cerro El Morro. Está separada de Playa Tamarindo (ao sul), pelo estuário do rio Matapalo. É um dos melhores pontos de surf do país e pode ser acessada por balsa através do estuário. Durante a maré baixa caracteriza-se pela formação de piscinas naturais, mas não é recomendado tentar a travessia a pé, pois a corrente é muito forte e pode ser perigosa. Fica a 21km.

Playa Langosta

É uma das praias de surf mais incríveis do país. A areia branca é sua marca registrada. Ali o visitante pode desfrutar de uma caminhada pela praia ou das ondas que se formam na foz do rio e são o point habitual dos surfistas. De longe pode-se ver as enormes pedras que cobrem a praia e que na maré baixa formam pequenas piscinas naturais. Faz parte do Parque Nacional Marino Las Baulas, um local de nidificação de tartarugas. Observadores de pássaros irão se 
surpreender com o grande número de espécies locais, além de estarem próximos de alguns manguezais. Fica a 2km.

Playa Tamarindo

É a principal praia de Tamarindo, e um dos destinos turísticos mais famosos da Costa Rica. Também um dos mais acessíveis da região norte do país. Está localizada na Baía de Tamarindo, dentro do Parque Nacional Marino Las Baulas. Distingue-se por suas ondas suaves e águas cristalinas, embora com correntes fortes e rochas pouco submersas, com areia amarelada, vegetação exuberante, recifes e bela paisagem. Tem a forma de um arco com uma pequena inclinação, proporcionando segurança para os banhistas. Ali podem ser realizadas várias atividades, como caminhadas, pesca, surf, entre outras. É um refúgio de vida selvagem, protegendo a desova de tartarugas-de-couro, tartarugas-oliva e tartarugas verdes, que chegam aos milhares entre os meses de outubro a março.