Palmas

CAPITAL DO ESTADO, ALT 280 m, POP 299.127 hab, BRASÍLIA 823 km

Mais nova capital estadual do país e maior cidade do estado, foi fundada em 1989, logo após a criação do Tocantins. Completamente planejada, possui arquitetura arrojada, com avenidas largas, dotadas de trabalhos paisagísticos e divisão urbanística caracterizada por grandes quadras comerciais e residenciais. Desenvolveu-se como cidade polo da região, sendo o setor de serviços o principal motor de sua economia.

ATRAÇÕES:

Com uma área de 96.770m² de reserva biológica, conta com uma pista 2.820m de extensão em meio a mata típica do cerrado, pistas de skate e bicicross, academias ao ar livre, restaurante, amplo estacionamento, parquinho infantil, espaço bebê, redário, orquidário e lago com pedalinhos.

Av. NS-04 com LO-11 (em frente a Quadra Arse 41)
Horário: Diariamente, 5h/23h.
Cartão postal da cidade, possui 571.000m², sendo a maior praça urbana da América Latina e a segunda maior do mundo. Abriga as sedes dos 3 poderes do estado do Tocantins, além de diversos monumentos e obras de arte que homenageiam o povo e a história local.

Memorial Coluna Prestes

Obra do arquiteto Oscar Niemeyer, está repleto de história e simbolismo, é um museu que conta a historia da passagem da Coluna Prestes pelo estado. Expõe um um acervo com 81 peças originais como fotografias, documentos e objetos pessoais dos integrantes do movimento.

Horário: Segunda a sexta, 8h/18h.

Monumento aos 18 do Forte de Copacabana

É uma homenagem aos 17 militares e 1 civil que, insatisfeitos com a República Velha, se rebelaram em 1922. As esculturas estão sobre um calçamento em forma de ondas que reproduzem as calçadas da Avenida Atlântica, no Rio de Janeiro, onde os revoltosos marcharam.

Palácio Araguaia

Sede do governo estadual, ocupa uma área útil de 14.000m², com 4 pavimentos. Abriga em seu interior painéis pintados pelo artista plástico D. J. Oliveira, que contam a história do Estado.

Taquaruçu

Distrito situado na região serrana, é conhecido como a localidade mais alta e mais fria do município de Palmas. Possui belíssimos atrativos naturais. Fica a 28km do centro.

Cachoeira da Roncadeira ★★

Queda com 70m de altura, forma um pequeno lago de águas frias. Para chegar à cachoeira é preciso percorrer uma trilha de 1.500m em meio à mata. O local é bem sinalizado, mas possui estrutura simples e a possibilidade de realizar rapel. Acesso pela Rodovia TO-030, a 3km da localidade. R$10.

Cachoeira da Sambaíba ★★

Pequena queda com menos de 10m de altura e pouco volume de água. Forma um poço de águas limpas e azuladas, ideal para banhos. A trilha pela mata preservada tem cerca de 200m até o paredão de pedra em torno da cachoeira. Leva esse nome por conta da grande quantidade de uma espécie de samambaia que existe no local. Estrada do Vale do Vai-Quem-Quer, a 12km do distrito. R$10.

Cachoeira do Escorrega Macaco ★★

Com 55m de altura, seu nome é por causa de uma árvore com tronco liso, onde os macacos escorregam por seus galhos. Forma um pequeno poço cercado por rochas. Fica a 3km do distrito. R$10.

Pedra do Pedro Paulo ★★

Tem a forma de um altar de pedra a 600m de altitude. Do mirante natural é possível avistar todo o Vale. Seu nome se deve a um missionário evangélico, que na década de 1950 escalava a serra e aproveitava o altar natural de pedra para tocar saxofone. A subida até ao topo exige preparo físico e dura cerca de 25min. Fica a 1,5km do distrito, no topo da Serra de Taquaruçu.