Florianópolis

CAPITAL DO ESTADO, ALT 3 m, POP 492.977 hab, BRASÍLIA 1.682 km

Mundialmente famosa por suas belezas naturais e pelo rico patrimônio histórico e cultural, a capital catarinense é um dos principais destinos turísticos do Brasil. A cidade se espalha por uma ilha costeira, e por alguns bairros localizados numa pequena península continental. Possui o segundo melhor IDH, Índice de Desenvolvimento Humano, entre as capitais do país. Apesar dos prédios, shoppings, restaurantes e os grandes espaços da Avenida Beira Mar Norte serem características de cidades cosmopolitas, conserva em seu centro histórico, costumes, tradições e arquitetura da época da colonização.

ATRAÇÕES:

Com aproximadamente 18.000m², é uma área verde de lazer na região continental. Conta com remanescentes de Mata Atlântica, alguns viveiros com pássaros, coelhos, galinhas e um tanque com tartarugas de água doce. Possui uma passarela suspensa de madeira construída em meio às árvores e 3 trilhas. Abriga uma antiga edificação construída no século XIX, onde funciona o Museu do Presépio, com um acervo de 105 conjuntos de presépios artesanais de diferentes locais.

R. Afonso Pena, 1070 - Estreito
Horário: Terça a domingo, 8h/17h30.
Lugar de descanso para contemplação e passeios em família. São cerca de 800m de passarelas de madeira, num circuito que inicia na praia do bairro do Bom Abrigo e segue até a Praia das Palmeiras, com belos visuais das pedras de Itaguaçu.

R. Plácido de Castro, 50 - Bom Abrigo.
Consideradas as melhores do sul do país, seus enormes bancos de areias tem início na Avenida das Rendeiras e seguem até a praia Joaquina. A trilha começa com uma subida íngreme, pela areia grossa em meio à vegetação. Do seu ponto mais alto, tem-se uma linda visão da praia e da Lagoa da Conceição. Sua principal atração é o sandboard, uma espécie de surfe onde o pessoal se diverte escorregando na areia (R$20/1h). Localizadas a 17km do centro.
Foi construído a partir de 1761 para proteger a cidade das embarcações que chegassem pela Baía Norte. O pátio dos canhões é um dos locais mais indicados para se apreciar o pôr do Sol na Ilha de Santa Catarina. A fortificação abriga o Museu de Armas da Polícia Militar de Santa Catarina, com acervo de armas históricas, réplicas de fardamentos, fotografias, insígnias e outros objetos.

Avenida Beira-mar Norte, 525, Centro
Horário: Terça a domingo, 9h/19h. Gratuito.
Localizada em frente à Praia do Campeche, possui um dos mais ricos ecossistemas do sul do país. Formada por costões e morros recobertos de Mata Atlântica, tem uma única praia, a da Enseada, com cerca de 400m de areia fina e extremamente clara. O mar tem uma coloração que varia entre o verde e o turquesa, com poucas ondas. Protegida pelo IPHAN, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, apresenta mais de 100 petróglifos distribuídos em 10 sítios arqueológicos, 9 resquícios de antigas oficinas líticas, monumentos rochosos, ruínas de ocupação e mais de 100 gravuras talhadas nas pedras. É cobrada uma taxa para realizar as trilhas. O valor pode variar entre R$10 e R$25, dependendo da opção do passeio. Para que a preservação deste frágil ecossistema seja efetiva, são permitidos no máximo 800 visitantes por dia. Acesso por barco, a partir da praia do Campeche (15min em botes infláveis) ou da praia da Armação (40min em barcos de pesca). R$100. Fica a 16km do centro.
É a maior lagoa do município, com aproximadamente 15km² de extensão, cercados por montanhas e um canal que faz a ligação com o mar. Em muitos lugares de seu entorno, as margens ainda estão preservadas e o acesso é somente por barco. Possui um boulevard onde estão concentrados lojas e restaurantes. Há 2 passeios recomendados: Uma visita ao Mirante do Morro, que oferece uma incrível vista da lagoa e das praias; e o passeio de barco (R$15, saídas a cada hora) até a Costa da Lagoa, comunidade isolada com muitos restaurantes e natureza preservada. Acesso pela Rodovia Admar Gonzaga, a 12km do centro.
Construído em 1899, é um movimentado centro de comércio, com lojas e restaurantes. Seu vão central também é palco para apresentações folclóricas e artísticas da região.

R. Jerônimo Coelho, 60 - Centro
Horário: Segunda a sexta 7h/19h e sábado 7h/14h.
Mirante natural no cume do morro, a 217m de altitude, junto à Pedra do Urubu. Vista panorâmica das praias do leste e do sul da Ilha de Santa Catarina. Acesso por trilha aberta de subida leve (fácil, 1km, 30min). Início na Servidão Correio do Sul, a partir da rua Pau de Canela, no bairro do Campeche.
Formação rochosa a 285m de altura, cujo pico abriga as torres de telecomunicações da cidade e o Mirante do Morro da Cruz, de onde se tem uma das melhores vistas panorâmicas dos bairros centrais de Florianópolis e da região continental. O local dispõe de bancos para descanso, além de binóculo.

Acesso pela Av. do Antão, a 6km do centro
Horário: Diariamente, 8h30/18h30.
Composto por inscrições rupestres grafadas possivelmente entre 1 mil e 4 mil anos atrás. É um complexo com passarelas, bancadas, esculturas, estruturas de sombreamento que protegem o acervo ao ar livre, além de uma "praça do conhecimento", com murais com informações sobre as inscrições.

Acesso pela R. Raul Pereira Caldas - Praia do Santinho, a 37,5km do centro.
Reserva biológica com 2.030ha de área. Abriga o maior manancial de água potável da Ilha, com 5,2km² de extensão. Conta com playground, banheiros e estacionamento. A área no entorno da lagoa tem matas e trilhas que levam a antigos engenhos coloniais, porém essas caminhadas ecológicas normalmente são realizadas com acompanhamento de guia.

Rod. Francisco Thomaz dos Santos, 3150 - Armação, a 20km do centro
Horário: Diariamente, 7h/19h.
É o principal símbolo e cartão postal da cidade. Inaugurada em 1926, é a maior ponte pênsil do Brasil com 821m de extensão e uma altura de 30m em relação ao nível do mar.
  • praias

Armação

É uma das mais belas e charmosas praias da ilha. Possui uma longa faixa de areia clara e fina, de aproximadamente 3km, variando entre 2 a 50m de largura, com trechos de mar agitado, propícios ao surfe, e outro de mar calmo. Suas águas são límpidas e frias. No limite sul da praia está a Ponta das Campanhas, por onde passa o rio Sangradouro. É o ponto que a separa da vizinha praia do Matadeiro. O cenário maravilhoso sempre com vários barcos ancorados é o principal reduto de pescadores artesanais da cidade. Fica a 22km do centro.

Barra da Lagoa

Tradicional reduto de pescadores de tainha, seu canal que liga a Lagoa da Conceição ao oceano, divide espaço entre barcos de pesca e lanchas super modernas. Com 650m de extensão, suas areias são brancas e finas, com uma faixa média de 5 a 50m e o mar de águas transparentes. Cruzando a Ponte Pênsil, uma trilha calçada de 250m leva até a paradisíaca Prainha da Barra e seguindo adiante, chega-se às famosas Piscinas Naturais da Barra da Lagoa, um recanto de pedras com águas cristalinas. Fica a 21km do centro.

do Forte

Localizada entre as praias de Jurerê Internacional e Daniela, tem 490m de areia amarelada e fina, águas cristalinas esverdeadas, mornas e sem ondas. A larga faixa de areia varia entre 2 e 45m, ocupados por carros estacionados e restaurantes que servem na areia. O mar ganha profundidade muito suavemente, sendo possível entrar na água até cerca de 220m da praia, com os pés alcançando o fundo. O acesso é feito por meio de uma estrada íngreme e estreita, a partir de Jurerê Internacional. Fica a 26km do centro.

Fortaleza de São José da Ponta Grossa

Construída em 1740 e desativada em 1935, forma um harmonioso e belo conjunto arquitetônico circundado por espessas muralhas e emoldurado pelos costões e areias da Praia do Forte. A visitação é autoguiada por meio dos textos explicativos, exposições e painéis fotográficos espalhados por todo o complexo. A edificação mais significativa do conjunto é a Casa do Comandante, construção de 2 pavimentos que abriga o Paiol da Pólvora. Expõe uma mostra referente aos aspectos alimentares e peças achadas nas escavações arqueológicas, além de fotografias que contam a história da sua restauração.

Horário: Diariamente, 9h/17h. R$10.

do Matadeiro

Tem cerca de 640m de extensão e sua faixa de areia varia entre 30 e 60m. Por conta do acesso restrito, a mata local está bem preservada. A areia é fina e branca e as águas são limpas e cristalinas, mas com ondas bravas e forte repuxo. O acesso é somente a pé, atravessando a ponte sobre o rio Sangradouro a partir da Praia da Armação.

do Saquinho

É uma praia quase intocada e de beleza exuberante. Pequena, de areia branca e fina, águas claras e mar agitado, está localizada no extremo sul da Ilha de Santa Catarina. Em ambos lados da praia há costões de pedras, ricos em vida marinha. As encostas e morros possuem cobertura de Mata Atlântica, com muitos pássaros e animais silvestres. Em meio a este ecossistema, nascem pequenos rios que desembocam no mar e são as únicas fontes de água disponíveis na região. Acesso por trilha asfaltada a partir da Praia da Solidão (20min). Fica a 30km do centro.

Lagoinha do Leste

Praia selvagem de mar aberto e águas cristalinas localizada no Sul da Ilha, fica espremida entre 2 costões que entram no oceano, formando quase uma pequena enseada de pouco mais que 1km. Isolada e sem estrutura, a praia é perfeita para acampar. Para chegar lá, somente por trilha a pé ou de barco. Uma das trilhas parte do Pântano do Sul (início na R. Manoel Pedro Oliveira, uma pequena via à esquerda da Rodovia SC-406, cerca de 400m antes de se chegar na praia, não há sinalização); em meio à mata fechada (difícil com trechos íngremes, 1h). Outra, começa na Praia do Matadeiro e segue pelo alto do morro, com paisagens incríveis do mar (difícil, 3h). Fica a 25km do centro.

Morro das Pedras

Com ondas fortes, tem 2.450m de extensão e de 5 a 45m de largura. É muito procurada pelos surfistas, pois suas ondas são muito favoráveis a prática desse esporte. Um espetáculo à parte são as ondas bravias cobertas de espuma branca batendo junto ao conjunto de gigantescas pedras na costa. No alto do morro, em frente ao costão, fica a Casa de Retiro Vila Fátima, antigo Convento dos Jesuítas (1956). O lugar funciona como um mirante com um dos mais belos visuais da região, possui estacionamento e seus portões estão sempre abertos de 8h às 18h. Acesso livre. Fica a 17km do centro.

Naufragados

Situada no extremo sul da ilha, tem areia branca e ondas de mar aberto, agitadas e frias na maior parte do ano. Sua paisagem deslumbrante guarda mistérios históricos, ruínas de antigas edificações e a natureza praticamente intocada. Ali, podem ser visitados o farol (1861) e a bateria de canhões que ficam no costão direito. Em 1753 naufragaram 2 embarcações que traziam 250 açorianos para o Rio Grande do Sul, dos quais apenas 77 sobreviveram e passaram a viver ali, por isso o nome de Naufragados. Acesso por barco ou trilha que começa na Caieira da Barra do Sul, plana com trechos acentuados em meio à mata fechada (fácil, 2,6 km, 45 min). Fica a 36km do centro.

ARREDORES:

Águas Mornas

ALT 70 m, POP 6.469 hab, FLORIANÓPOLIS 43 km

ATRAÇÃO:

Uma das mais altas e lindas quedas d'água da região. Tem 90m de altura e é ótima para a prática do Rapel. O acesso é pela Rodovia SC-435 (estrada de terra), sentido São Bonifácio, e depois uma trilha curta e leve (5min). Fica na Comunidade do Rio Salto, a 30km da cidade. Horário: Quarta a domingo, 9h/20h.

Governador Celso Ramos

ALT 24 m, POP 14.333 hab, FLORIANÓPOLIS 52 km

ATRAÇÃO:

Foi a principal fortificação do antigo sistema defensivo da Ilha de Santa Catarina, construída a partir de 1739. Sua arquitetura tem traços de influência renascentista e seus edifícios se distribuem de maneira esparsa por toda a ilha de Anhatomirim. As espessas e baixas muralhas de pedra apenas conformam as antigas baterias de artilharia, deixando as construções descortinadas na paisagem. Entre os edifícios mais significativos da fortaleza destacam-se o Quartel da Tropa, de estilo clássico, determinado por contornos retos, telhas coloniais e 12 arcadas térreas; a Portada de influência oriental, cujo acesso se dá através de uma escada de lioz (um tipo raro de calcário que ocorre em Portugal); e a Casa do Comandante, do tipo câmara e cadeia. Na Baía dos Golfinhos, localizada próxima à Fortaleza, é possível avistar grupos de golfinhos. O acesso à ilha é por meio de escunas (6h, R$45 por pessoa) partindo de diferentes pontos de Governador Celso Ramos ou Florianópolis.

Horário: Diariamente, 9h/17h. R$8.

Palhoça

ALT 3 m, POP 168.259 hab, FLORIANÓPOLIS 23 km

ATRAÇÃO:

Com boas ondas, extensa faixa de areia branca e mar azul, é uma das praias mais bonitas do litoral catarinense. Possui um enorme banco de areia cortado pelo rio da Madre, que a separa da vila. Para chegar nela é preciso atravessar o rio de barco ou a nado. O centrinho da vila tem ruas tranquilas e arquitetura rústica, com muitas opções de restaurantes e lojas de artesanato.

Acesso pela Rodovia BR-101 sul, a 39km da cidade.