Puerto Edén

ALT 2 m, POB 176 hab, PUNTA ARENAS 510 km

ATRAÇÃO:

É o maior parque nacional do país com uma área total de 3.525.901ha. Sua área primitiva é de extraordinária beleza e grande interesse científico, pois contém recursos antropológicos, como vestígios de comunidades Kawésqar, belas paisagens formadas por montanhas, campos de gelo, fiordes e geleiras, além de importantes espécies da fauna e da flora silvestre. Destaca-se por suas grandes áreas de gelo e também pela proteção de espécies da fauna como o huemul e leões marinhos. Entre as aves estão o corvo-marinho imperial, o condor, a águia e a gaivota-cahuil. Em termos de flora, predominam as árvores perenes, como o coigüe Magallanes, o cipreste Güaitecas e a canela. Entre as principais atividades que podem ser realizadas no parque está a navegação até as geleiras, que inclui o desembarque. Nesta área está habilitada uma trilha de 1km (fácil, 1h30) e também atividades com caiaques. O acesso é exclusivamente por via marítima e está condicionado às viagens de abastecimento e transporte de passageiros pela empresa Navimag, que liga Puerto Montt a Puerto Natales, com uma freqüência de 2 deslocamentos semanais e um tempo de parada não superior a 1h em Puerto Edén. Esta rota marítima atravessa praticamente todo o parque pelos fiordes e canais. Fica a 74km da localidade. CLP$10600.

Glaciar Serrano

Faz parte dos Campos de Gelo do Sul com imensos blocos de gelo que caem em meio a um panorama extraordinário. Está inserido em meio a uma natureza de bosques de coigües, ñirres e ciruelillos que chegam muito próximo de suas paredes. Entre as atividades que o local oferece estão as caminhadas, a contemplação da flora e da fauna e a fotografia. Acesso por uma trilha de 1.200m, de dificuldade média-baixa, não recomendável para pessoas que não estão em boas condições físicas, localizado na área da margem sudoeste do Lago Serrano. A trilha é bem definida e delimitada, com algumas construções de apoio, como escadas e passarelas. Destes, 250m estão equipados para pessoas com mobilidade reduzida. O caminho termina num mirante. O caminho rústico com trechos que, por causa de pedras e água congelada ou presença de musgos, tornam-se escorregadios. Cair na água é um risco com perigo de morte devido à hipotermia por conta da baixa temperatura.

Salto Acantilado de Los Cóndores

É um extraordinário paredão junto a um lago de águas de cor azul-turquesa, de onde despencam espetaculares quedas d'água formadas pelo degelo. Os barcos podem se chegar bem próximo das bases desses saltos. Este lugar foi batizado com este nome porque é possível avistar uma boa quantidade de condores nas suas proximidades.