Santa María

ALT 1.885 m, POB 11.648 hab, SAN FERNANDO DEL VALLE DE CATAMARCA 321
km

ATRAÇÃO:

Foi sede de culturas antigas, onde diversos bandos habitaram a região com a mais alta densidade populacional de sua época. No local se desenvolveu a cultura Santa María, influenciando durante séculos vastos territórios de Catamarca, Salta e Tucumán. É atravessado de sul a norte pelo rio Santa María, de leito permanente embora submerso no substrato arenoso em grande parte do trajeto. Seu setor sul tem altitude média entre 1.900 e 2.100m acima do nível do mar e condições ambientais áridas a semiáridas com pouca chuva. O Sitio Arqueológico Fuerte Quemado está localizado na margem esquerda do rio, próximo à divisa com Tucumán, importante ponto de dominação inca no noroeste argentino. No alto do morro está o símbolo e o cartão postal mais conhecido dessas ruínas, Ventanita ou Intiwatana (lugar onde se amarra o sol), um portal de pirca, parede construída com pedras brutas, de onde se pode observar todo o vale, o rio e o resto da área montanhosa. O assentamento abrange diferentes setores, com construções em morros, encostas e planícies aluviais. As primeiras descrições datam do final do século XIX e início do século XX. Está localizado na mítica Ruta Nacional 40, 11km ao norte da cidade.