Rio de Janeiro

CAPITAL DO ESTADO, ALT 2 m, POP 6.688.927 hab, BRASÍLIA 1.167 km

A “Cidade Maravilhosa” é uma das mais famosas e importantes da América do Sul e lugar favorito de muitos turistas para férias. Suas paisagens são lindas, as praias mais bonitas ficam relativamente próximas ao centro e seus habitantes são as pessoas mais alegres do planeta. É a segunda maior metrópole brasileira e além de praias deslumbrantes, tem atrações para todos os gostos e idades. As melhores vistas das praias podem ser apreciadas do alto das montanhas que cercam a cidade. O Cristo Redentor é uma visita obrigatória. Mais famoso ponto turístico da cidade, descortina vistas espetaculares das praias de Copacabana e Ipanema. Outra vista imperdível é a do Pão de Açúcar, cujo mirante é acessado pelo famoso bondinho envidraçado. O Rio concentra tudo o que uma cidade do mais alto nível pode oferecer, com muitos restaurantes, passeios históricos, excursões ao ar livre, teatros, museus, entre outros. Apesar de sofrer com a violência e outros problemas sociais, sua beleza é incontestável. É uma cidade que nunca deixa de surpreender e mantém em muitos de seus bairros tradicionais, verdadeiras relíquias arquitetônicas. Um dos mais característicos é a Lapa, uma área que faz parte do centro da cidade e abriga o famoso aqueduto. Apreciar a queima de fogos em Copacabana durante o Reveillon ou relaxar em algumas de suas praias, são alguns dos encantos que atraem tanto a brasileiros como estrangeiros.

ATRAÇÕES:

Foi construído em estilo romano pelos portugueses durante o período colonial para distribuir as águas do rio Carioca. Possui 42 arcos, com mais de 60m de altura e 270m de extensão. Hoje, é utilizado como viaduto para a passagem do bonde elétrico que liga o centro da cidade ao topo do morro de Santa Teresa. Está localizado no bairro da Lapa.
Construída no estilo neoclássico, foi residência de um dos personagens mais conhecidos da história do Brasil: Rui Barbosa, famoso orador, jurista, jornalista defensor das liberdades civis e, por 2 ocasiões, candidato à Presidência da República. Seus cômodos ricamente decorados, refletem o estilo de vida requintado da aristocracia na época do segundo reinado e início da república. O acervo inclui uma coleção de documentos literários, mobílias originais, biblioteca e veículos usados pelo jurista.

Rua São Clemente, 134 - Botafogo
Horário: Terça a sexta 10h/17h30, sábado e domingo 14h/17h30. Gratuito.
Fundada em 1894, foi construída no estilo art nouveau e conserva intactos seus famosos espelhos belgas, suas molduras e vitrines em jacarandá, as bancadas de mármore italiano, candelabros, o piso e o belo mobiliário. O local foi frequentado por renomadas personalidades que ajudaram a escrever a história do Brasil.

Rua Gonçalves Dias, 32 - Centro
Horário: Segunda a sexta 9h/19h, sábado 9h/17h.
Eleito uma das 7 maravilhas do mundo moderno, é o cartão postal brasileiro mais conhecido no mundo e o passeio turístico mais antigo do país. Uma grande estátua em estilo art déco que retrata Jesus Cristo, localizada no alto do Morro do Corcovado, a 709 metros acima do nível do mar, na área do Parque Nacional da Tijuca. A paisagem, com vistas da maior parte da cidade, é um cenário único e inesquecível que impressiona e encanta os visitantes. Acesso pela centenária Estrada de Ferro do Corcovado.

Rua Cosme Velho, 513 - Cosme Velho
Horário: Segunda a domingo, 8h/19h, com saídas a cada meia hora (duração 20min). R$79.
Complexo de túneis, pontes e viadutos com cerca de 3km de extensão que conecta as zonas Sul e Oeste da cidade. Formado por 3 pares de pistas, divididos em 2 estruturas construídas em épocas diferentes, está situado à beira do Oceano Atlântico, entre o mar e o Maciço da Tijuca.
Palacete neo-gótico do século XIX, construído por Pedro II. É uma das atrações turísticas mais procuradas no Rio. Além de sua beleza, já foi palco de episódios históricos que lhe conferem uma aura especial, como "o último baile do Império", realizado poucos dias antes da proclamação da República do Brasil. Também é possível visitar o Espaço Cultural da Marinha, rico em informações históricas e ver antigas embarcações preservadas para visitação, como o Navio Bauru, que participou da Segunda Guerra Mundial, e o Submarino Riachuelo (quarta a domingo, 12h/17h, R$10). O passeio até a ilha é feito com a escuna "Nogueira da Gama" (10min) ou de van.

Horários: Quinta a domingo, 12h30/14h/15h30. R$30.
Fundado em 1808 por D. João VI, tem 540.000m² de área cultivada aberta a visitação e mais de 3.400 espécies de plantas diferentes, provenientes de várias partes do mundo. A mais célebre é a palmeira imperial, símbolo do local, que pode chegar a altura de um edifício de 15 andares. O lugar é considerado um dos 10 mais importantes do gênero no mundo, e além de abrigar as mais raras espécies de plantas da flora brasileira e de outros países, é uma ótima opção de lazer para crianças e adultos, e um deleite para quem prefere contemplar a natureza. Em perfeita harmonia com o parque, há um rico patrimônio histórico e cultural. São construções históricas e monumentos que datam dos séculos XVI ao XIX e contam um pouco da história local.

Rua Jardim Botânico, 1008 - Jardim Botânico
Horário: Segunda 12h/18h, terça a domingo 8h/18h. R$15.
Situado a 360m de altura, é um dos mais bonitos do Rio de Janeiro. Do alto de seus 360m, proporciona uma das mais incríveis vistas da cidade, sendo um dos pontos turísticos mais concorridos. O acesso é feito através do bairro Cosme Velho, seguindo pela Ladeira dos Guararapes sentido ao Corcovado, até avistar a placa indicando o Mirante.
Também conhecido como Palácio do Catete (1858-1867), foi residência oficial dos presidentes da república sede do governo federal entre 1897 e 1960, quando a capital do país foi transferida para Brasília. Abriga um acervo histórico com toda prataria, móveis e documentos que retratam esse período do país. Além da beleza da construção, há um enorme jardim atrás do museu, com 250m de extensão, um lago artificial, pontes rústicas, uma pequena cascata, gruta e esculturas. O quarto do presidente Getúlio Vargas, no 3º piso do edifício, é o destaque da visita. Ali podem ser vistos a roupa com buraco de bala e a arma utilizada no seu suicídio.

Rua do Catete, 153 - Catete
Horário: Segunda a sexta 10h/17h, sábado e domingo 11h/18h. R$6 (Gratuito às quartas e domingos).
Construído em 1948, é um dos mais prestigiados museus do país, reconhecido internacionalmente. Com mais de 15.000 obras, seu acervo dispõe de esculturas e pinturas de renomados artistas do mundo. O edifício dialoga com a natureza que envolve a capital fluminense, mostrando seu lado artístico inclusive para quem o vê somente pelo lado de fora.

Av. Infante Dom Henrique, 85 - Parque do Flamengo
Horário: Terça a sexta 12h/18h, sábado e domingo 11h/18h. R$14.
Novo símbolo da região portuária da cidade, combina o rigor da ciência com a linguagem expressiva da arte, tendo a tecnologia como suporte, em ambientes imersivos, instalações audiovisuais e jogos, criados a partir de estudos científicos desenvolvidos por especialistas e dados disseminados por instituições do mundo todo. Traz o conceito de museu experiencial, em que o conteúdo é apresentado de forma sensorial, interativa e conduzido por uma narrativa. O espaço examina o passado, apresenta tendências atuais e explora possíveis cenários para os próximos 50 anos, com base nas perspectivas de sustentabilidade e convivência.

Praça Mauá, 1 - Centro
Horário: Terça a domingo, 10h/17h. R$20.
Um dos cartões postais mais conhecidos do Rio, é um parque turístico que envolve 2 montanhas e 2 teleféricos que fazem o trajeto entre a Praia Vermelha e os morros. Os bondinhos aéreos envidraçados levam os passageiros até uma estação no topo do Morro da Urca e depois a outra no Morro do Pão de Açúcar. Do alto de cada um desses morros, tem-se uma vista magnífica da cidade e da Baía de Guanabara. O passeio no bondinho é a principal atividade, mas o ecoturismo também se destaca. É possível subir pela trilha do Morro da Urca, que começa na pista Cláudio Coutinho, localizada entre a costa do Morro do Pão de Açúcar e a Praia Vermelha. O acesso é gratuito e o retorno pelo bondinho é mais barato do que comprar ida e volta. Uma das atrações mais famosas do Rio de Janeiro em todo o mundo, o bondinho foi inaugurado em 1912. A viagem demora 3min em cada trecho e em cada parada há restaurantes e lojas de souvenirs. Na primeira parada, o museu multimídia Cocuruto conta a história e cita curiosidades sobre o bondinho.

Av. Pasteur, 520 - Urca
Horário: Diariamente, 8h/21h. R$110. O ingresso pode ser comprado no local ou pela Internet.
Saiba mais:

Bondinho
É uma reserva ecológica com pitorescos caminhos sinuosos, ideal para passear e passar algumas horas de lazer em meio aos jardins cercados por densa vegetação. A área com quase 27ha, foi reflorestada na década de 1970 e possui uma grande diversidade de árvores, plantas e flores. Na parte baixa, podem ser admiradas esculturas ao ar livre, caminhos pavimentados e pequenas praças com piso de pedra, perfeitos para caminhadas e piqueniques. Na parte alta, a mata mais fechada toma conta.

Av. Epitácio Pessoa, 3000 - Lagoa
Horário: Terça a domingo, 8h/17h.
Criado em 1974, possui cerca de 12.500ha de área coberta com vegetação típica da Mata Atlântica, sendo considerado um dos maiores parques urbanos do mundo e o maior bosque urbano do país. Abriga o ponto mais alto da cidade, o Pico da Pedra Branca, com 1.024m de altitude. É responsável pelo abastecimento de importantes represas e dispõe de várias opções de trilhas e passeios ecológicos. Destaque para a trilha do Circuito das Águas (fácil, 250m, 20min), que reúne um complexo de atrações como a Cachoeira Véu de Noiva (com águas cristalinas e poços para banhos), uma escadaria hidráulica que conecta a cascata com os tanques de decantação, dique e represa.

Estrada do Pau-da-Fome, 4.003 – Jacarepaguá
Horário: Terça a sábado, 8h/17h.
É uma grande área verde com um belo palacete em estilo romano ao centro. Os jardins frontais são gramados e os laterais compostos por imensa floresta entremeada por plantas e flores, cortados por caminhos pitorescos, com uma pequena ponte, ala de palmeiras e um aquário em forma de uma pequena caverna artificial.

Rua Jardim Botânico, 414 - Jardim Botânico
Horário: Diariamente, 8h/17h.
Formado por mais de 39km² de Mata Atlântica, está localizado no coração da cidade. É uma das maiores florestas urbanas do mundo, criada em 1861 pelo imperador Pedro II para reflorestar a área afetada pelo desmatamento causado pelo cultivo de cana-de-açúcar e café. Formado por grandes montanhas, grutas, cascatas e trilhas que revelam lindas paisagens, o parque é atualmente o mais visitado do país. Possui cerca de 200km de trilhas nos mais diversos graus de dificuldade, mais de 300 vias de escalada nas montanhas, uma rampa para voo livre e inúmeros mirantes ao longo das estradas e trilhas. Um de seus principais atrativos é o monumento ao Cristo Redentor, no alto do Morro do Corcovado, além de outros pontos de interesse como a Pedra da Gávea.

Estrada da Cascatinha, 850 - Alto da Boa Vista
Horário: Diariamente, 8h/17h. Gratuito.

Pedra da Gávea

É o maior bloco de pedra na orla do mar, assim chamado pela semelhança com a "gávea", cesto de observação situado no mastro das caravelas portuguesas. Com 844m de altura, oferece uma das vistas mais fantásticas e arrebatadoras da cidade, descortinando toda a orla carioca, entre a Zona Sul e a Zona Oeste, e as montanhas da Floresta da Tijuca. A subida é por uma trilha longa e difícil (3h), necessário acompanhamento de um guia experiente.

Vista Chinesa

Mirante construído entre 1902 e 1906 em estilo oriental, em homenagem aos chineses que trouxeram o cultivo do chá para o Brasil no início do século XIX. Oferece uma vista deslumbrante da zona sul da cidade e da Lagoa Rodrigo de Freitas.
Saiba mais:

ICMBio/Tijuca

Um dos mais belos postais do Rio, o Morro Dois Irmãos é o lugar perfeito para desfrutar do pôr do sol visto de seu mirante. Com uma área de 39ha, é um belíssimo parque com trilhas pavimentadas e pequenos espaços com bancos entre jardins. Também conta com quadras de esportes e áreas de recreação.

Rua Aperana, 178 - Leblon
Horário: Terça a domingo, 8h/17h.
Situado no alto do Morro do Pasmado, onde antes ficava uma favela destruída por um incêndio. O parque possui muita vegetação e um mirante com linda vista da Baía de Guanabara. Acesso pela rua General Severiano, atrás do campo do Botafogo. Aberto 24h.
  • praias

Copacabana

Considerada uma das praias mais famosas do mundo, tem um mar azulado e a orla percorrida por um belíssimo calçadão com quiosques que servem diversas variedades de petiscos e bebidas. Com areia clara e fina, possui 4km de extensão e serve de cenário para grandes eventos como campeonatos de futebol de areia e vôlei, além da famosíssima festa de Reveillon. O calçadão foi construído no início do século XX e seu desenho em forma de ondas é igual ao da Praça do Rocio em Lisboa.

Grumari

Praia extensa, localizada numa reserva de preservação ambiental, com cancelas e acesso restrito. Seu mar de águas limpas e transparentes tem ondas fortes e uma cor que varia entre o azul e o verde, dependendo do dia. As areias são douradas e limpas com muito espaço. Uma das mais afastadas, fica a 52km do centro.

Ipanema

É a praia mais encantadora da cidade, onde vivem, em sua maioria, pessoas de classe media alta. Sua beleza e encanto inspiraram poetas, escritores e compositores ao longo de sua história. Entre as homenagens está uma das canções mais conhecidas no mundo, "Garota de Ipanema", sucesso na voz de Tom Jobim, composta por Vinícius de Moraes. Seu calçadão é muito utilizado para caminhadas, corridas e passeios de bicicleta. Atração permanente durante o día, é frequentada por famosos e belas mulheres, e também recebe um grande número de frequentadores durante a noite.

Leblon

Continuação da praia de Ipanema, tem um ambiente tranquilo e reúne diariamente famílias com crianças. Seu mar azulado costuma atrair praticantes do surfe. Tem larga faixa de areia, excelente infraestrutura e um movimentado calçadão. No final da praia, junto à subida para o Vidigal, fica o Mirante do Leblon, com uma bela vista da orla.

Recreio dos Bandeirantes

Enseada com areias claras e as águas mais limpas da cidade, de aproximadamente 2km de extensão, começando na Reserva Biológica da Barra da Tijuca até o Pontal de Sernambetiba. Com boas ondas por toda a praia, é uma das preferidas pelos surfistas e muito disputada por banhistas nos finais de semana. Fica a 44km do centro.
Construído em 1887, reúne um acervo com 350.000 obras de autores portugueses fora de Portugal. A consulta dos livros é livre para os leitores no salão da biblioteca. Foi criado por iniciativa de um grupo de imigrantes portugueses, que pretendiam dar oportunidade a seus patrícios que viviam na então capital do país, de ampliarem seus conhecimentos. Livros raros da Europa e do Brasil são destaques da coleção, incluindo um exemplar da primeira edição da obra "Os Lusíadas" (1572), de Luís de Camões, que pertenceu a Companhia de Jesus.

Rua Luís de Camões, 30 - Centro
Horário: Segunda a sexta, 9h/18h. Gratuito.
Pertenceu a um dos mais importantes paisagistas da atualidade, Roberto Burle Marx. Em uma área de cerca de 400.000m², reúne mais de 3.500 espécies de plantas cultivadas em viveiros e jardins ao ar livre, muitas em vias de extinção. Tudo isso somado ao fabuloso acervo de obras de arte e artesanatos adquiridos ao longo de sua vida, uma biblioteca com mais de 2.500 livros e diversas atividades culturais.

Estrada Roberto Burle Marx, 2019 - Barra Guaratiba
Horário: Terça a sábado, somente com agendamento 9h30/13h30. R$10.