Guadalajara de Buga

ALT 969 m, POB 115.028 hab, CALI 68 km

A cidade é uma das mais antigas do país e teve, segundo estudos, quatro fundações em locais e datas diferentes. Está localizada na parte plana de Valle del Cauca. É uma das cidades com mais história, não só no departamento mas também no país. Possui bela arquitetura colonial e moderna e é considerada polo de desenvolvimento do departamento. Sua economia está baseada no comércio, agricultura, pecuária, turismo e indústria.

ATRAÇÕES:

Engloba casas, ruas, praças e edificações históricas no perímetro que já era habitado entre os séculos XVI e XVIII. Em 1959 foi declarado Monumento Nacional. Destacam-se pela beleza arquitetônica, a Catedral de San Pedro, a Casa Episcopal de la Diocesis, a casa da Academia de História Leonardo Tascón, a Casa del Capitán Luis Velásquez de Rengifo, o Hostal del Regidor, o Edifício Portales de Fuente Mayor, o prédio da Alcadía e o Palacio de Justicia, entre outros.
Foi concebido em homenagem à memória do ilustre político bugueño que defendeu um projeto rodoviário progressista para a economia da cidade. Por este motivo representa um farol, simbolizando o quilômetro zero da estrada para o mar. Está localizado no meio de uma praça de mesmo nome, na Avenida Arboleda del Centenario, limitado pelas margens do rio Guadalajara.
Datada de 1897, está localizada na Zona II ou antigo bairro de La Ermita, sobre o leito do rio Guadalajara. É a continuação para o sul da Carrera 12 (Rua Sucre) entre as Avenidas 1ª e 1ª Sul. Foi construída pelo engenheiro alemão Joseph Binder. Feita inteiramente de alvenaria, tem aproximadamente 200m de comprimento e 4m de largura. Foi concebida com 7 arcos sobre o rio, com grades suportadas por colunas. Tem boa iluminação noturna.
De arquitetura neoclássica republicana, sua construção teve início em 1919 e foi concluída em 1922. Tem capacidade para cerca de 1.000 pessoas. Com excelente acústica, está totalmente equipado para o desenvolvimento de atividades artísticas, teatrais e musicais. Sua forma interna é circular, possui um belo palco suportado em colunas de madeira. A fachada é decorada com máscaras de Mozart, Beethoven e Liszt e as alegorias do drama e da comédia. Está localizado no cruzamento da Calle de Bolívar (Calle 6ª) com a Calle de los Coches (Carrera 10), no bairro José María Cabal.