São Luís

CAPITAL DO ESTADO, ALT 4 m, POP 1.091.868 hab, BRASÍLIA 2.003 km

Fundada pelo fidalgo francês Daniel de La Touche em 1612, é uma incrível cidade  histórica, povoada por antigas construções de estilo colonial português. Algumas em excelente estado de conservação e outras em estado de abandono, aguardando o trabalho de restauração. Suas ruas têm nomes poéticos e são marcadas pelo brilho de suas fachadas cobertas por azulejos e telhas. Um dos elementos arquitetônicos que atraem mais atenção nesta cidade são suas fachadas azulejadas, um magnífico legado do domínio português. A beleza das fachadas antigas e coloridas, com seus distintos ornamentos, confere à cidade uma atração inigualável, que envolve os turistas levando-os para outra época.

ATRAÇÕES:

Instalado num casarão histórico com mais de 300 anos que pertenceu a Catarina Mina, escrava que ficou ficou famosa por comprar sua alforria. É um pequeno museu de artes, cultura, história e memória da fundação de São Luís. Apresenta um pouco sobre a história da cidade e a participação dos protestantes franceses, na sua colonização. O termo "huguenote" é uma nomenclatura conferida aos Reformistas Protestantes franceses do Século XVI. O local ainda conta com um café e biblioteca.

R. Djalma Dutra, 128 - Centro Histórico
Horário: Segunda a sexta 10h/18h, sábado 14h/18h.
Palacete neoclássico do século XIX, abriga acervo sobre folclore, lendas, histórias e tradições que fazem parte da formação cultural maranhense, com exposições permanentes de curiosidades.

Av. Prof. Carlos Cunha, 3000, Lj 45 - Jaracaty
Horário: Terça a sábado 9h/18h, domingo 9h/13h30.
Com cerca de 4.000 casarões, distribuídos por mais de 220ha, compõe um dos mais importantes conjuntos arquitetônicos de essência portuguesa ainda preservados da América Latina. Tombados como Patrimônio Mundial da Humanidade pela Unesco, a maioria dos casarões seculares, são revestidos de azulejos portugueses pintados à mão. A região concentra praças, becos, escadarias, ladeiras e algumas das mais belas ruas da cidade, além de museus, centros de cultura, teatros, cinema, restaurantes, feiras e muitas lojas de artesanato.
Recentemente despoluída, é protegida por um parque de 150ha. que mantêm espécies da fauna e da flora marinha naturais da região pré-amazônica. Conta com um mirante, teatro de arena, restaurantes, quiosques, posto de informação e um largo calçadão para caminhadas e lazer.

R. dos Narcisos - Ponta D'Areia.
Escultura "Arrastão", assinada pelo artista plástico Cordeiro do Maranhão, que representa três pescadores puxando uma rede.

Av. Ulisses Guimarães, 4498 (Praça do Pescador) - São Marcos.
Sede do governo do estado do Maranhão. Abre ao público seis salões para visitação com exposições permanentes de obras datadas dos séculos XVII ao XX. O acervo inclui mobiliário, telas, porcelanas, esculturas, pratarias e gravuras.

Av. D. Pedro II, S/N - Centro
Horário: Terça a domingo, 9h/17h. Gratuito.
É segundo teatro mais antigo do Brasil e tem capacidade para 756 pessoas. Foi construído por comerciantes portugueses no auge do ciclo do algodão, tendo sido inaugurado no início do século XIX.

R. do Sol, s/n - Centro Histórico.